busca

envie um email telefones para contato

14:56 - 29/10/12
Sofisticação neutra

Se os tons branco e pastel são considerados sem graça e clichês por muitas pessoas, a verdade é que eles são curingas na decoração e possibilitam à casa mudar sempre de cara. Lançamos um desafio, e a arquiteta Brunete Fraccaroli resolveu encará-lo. Repaginar um projeto essencialmente branco com apenas toques de cor e algumas peças-chave. Confira o resultado abaixo e veja como é possível dar toques especiais à decoração neutra:

 

Aqui a proprietária – uma senhora que vive há 50 anos no local – não queria se desfazer de seus móveis. A arquiteta propôs uma mudança, inserindo apenas alguns objetos nas tonalidades rosa, trocando ou pintando revestimentos. No living quase totalmente branco, com 23 m², um par de poltronas clássicas revestidas com seda, e sofás de traço reto com tecido de algodão têm a companhia de uma mesa lateral. A sala de estar deveria ser confortável, tal aconchego ficou por conta dos tecidos e objetos. O toque colorido, que deu vida à sala, aconteceu a partir de poucos, mas eficientes elementos: vasos de murano rosa sobre o centro espelhado e de cristal com tulipas pink, além de almofadas de algodão floral. Brunete elegeu uma cor base e utilizou-a em degradê.
 
“Para transformar ambientes neutros, invista em almofadas, vasos, tapetes, cúpulas, objetos decorativos e, claro, flores. Com estes itens, é possível repaginar a decoração a partir de pinceladas de cor nos espaços.” — Brunete Fraccaroli, arquiteta.

Como era um lugar de passagem, esse ambiente não sofreu muitas modificações. “A sala tem a função de integrar as áreas sociais. Mesmo estreita, ela parece ser maior, por conta do reflexo das paredes revestidas de espelho”, diz Brunete. Os arcos caracterizam bem a década de 1940, época da construção da casa, por isso, a arquiteta apostou em móveis clássicos na composição. Ao centro, a imponente chaise Barcelona de couro combina com a poltrona revestida de seda. Uma cristaleira com toques rústicos e pintura com variados tons de verde é adornada, nas laterais, por espelhos clássicos com pintura folheada a ouro.

 

Reformada há pouco tempo, flores deram vida ao jantar. A mesa de madeira escura da proprietária recebeu acabamento laqueado de branco. Nas laterais, a arquiteta criou cantoneiras revestidas de espelhos e reformou cadeiras de palha, modernizando o espaço.
 
“Um projeto com base neutra possibilita a transformação constante dos ambientes”.

A arquiteta preferiu não interferir no conceito principal de sala de home theater, que valoriza objetos translúcidos refletidos pelos espelhos. Assim, apenas um toque pontual de cor foi dado com as tulipas em tom de rosa, dispostas em vasos de cristal e prata. “A transparência neste ambiente integra áreas externa e living, permitindo que o jardim vertical seja visto desde a área do estar”, declara. No rack, o mosaico de espelhos reflete a poltrona Eames e o pufe no formato de dado.

Por ser pequeno e com irregularidades no teto – posicionado no vão da escada –, o lavabo era um pouco claustrofóbico. Assim, mais uma vez, os espelhos têm o objetivo de revestir todas as paredes. Era preciso disfarçar os desníveis e dar a sensação de maior amplitude. Uma pequena bancada de louça reforça a proposta delicada do ambiente.

 

Totalmente clean, antes o dormitório de 13,15 m² tinha poucos elementos, e um jogo de cama branco. Faltavam objetos e um pouco de cor, apesar de a cama ter uma bela cabeceira de veludo e um delicado jogo de lençóis egípcio de 500 fios. Além do jogo de cama azul, orquídeas enfeitaram o espaço, assim como a inusitada luminária no formato de dado.
 
“A suíte ganhou cara nova, com o enxoval azul-claro de seda importada, que manteve a sensação de tranquilidade e aconchego do ambiente”.
 
Projeto: Brunete Fraccaroli; vasos de murano, almofadas, vasos de cristais, vasos de prata, poltronas da sala, pufe de dado e luminária de dado: Brunete Fraccaroli Essencial; tecidos: Emporio Beraldin; execução da cabeceira da cama: Arte Markante.
 
Fonte: Portal Decoração
| Mais

 
Veja também


 
Comentários