busca

envie um email telefones para contato

09:49 - 12/08/10
Financiamento da Caixa bate R$ 40 bilhões

 

O total de unidades financiadas ultrapassou 650 mil de janeiro a julho. Índice de inadimplência ficou em 1,7%
 
Os empréstimos habitacionais da Caixa Econômica Federal chegaram a R$ 40,1 bilhões nos sete primeiros meses de 2010, crescimento de 104% em relação ao mesmo período de 2009.
 
O valor também representa 85% dos R$ 47 bilhões emprestados em todo o ano passado. O total de unidades financiadas ultrapassou 650 mil.
 
Do total emprestado até o final de julho, R$ 17,8 bilhões têm como fonte recursos da poupança; R$ 17,4 bilhões, do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço); e os R$ 4,9 bilhões restante, outras fontes.
 
De acordo com o banco, foram entregues 137 mil moradias do Minha Casa, Minha Vida (MCMV), desde a criação do programa, em abril de 2009. O valor contratado chegou a R$ 16,5 bilhões. Mais 79 mil unidades foram contratadas como imóvel na planta e já estão em fase de entrega. Esse número deve chegar a quase 145 mil até o fim do ano. Desde a criação do programa Minha Casa Minha Vida, em abril de 2009, foram contratadas 578.362 unidades habitacionais. Até o momento, já estão em análise aproximadamente 998 mil propostas.
 
No Estado
 
O vice-presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Ceará (Sinduscon/CE), André Montenegro, reconhece que o MCMV no Estado, sobretudo, para faixa de renda de até três salários mínimos, é mais lento do que em outras unidades federativas, porém, ele destaca que o ritmo das obras está começando a se intensificar, especialmente, na Capital.
 
"O Brasil como um todo conseguiu atingir suas metas até aqui. No Ceará, a gente ficou abaixo. Porém, nós estamos conseguindo criar fôlego. Tanto que até setembro, acredito que nós tenhamos cerca de 10 mil unidades com contratos assinados e começando a construir", observa André Montenegro, lembrando, ainda que, atualmente, há mais de sete mil unidades sendo construídas em Fortaleza, de deverão atender às famílias de baixa renda.
 
Outros números
 
Os números do banco, para empréstimos da casa própria, também são significativos quanto à inadimplência. Este índice está na faixa de 1,7%, enquanto a média no mercado gira em torno de 2,3%. Nos contratos com recursos da poupança, o índice está em 0,9%. O interesse por crédito para moradia também apresenta crescimento via Internet. Segundo a Caixa, foram feitas 16,6 milhões de simulações, em 4,2 milhões de acessos, números 10,4% e 10,6% maiores do que em julho de 2009, respectivamente. 
 
Fonte: Clip Imobiliário
| Mais

 
Veja também


 
Comentários