busca

envie um email telefones para contato

16:29 - 21/11/12
Dicas de como organizar melhor a sua casa

A vida de quem trabalha fora e tem a responsabilidade de cuidar da casa é tão corrida que manter o imóvel organizado pode ser uma maneira de economizar tempo. Um guarda-roupa desarrumado, por exemplo, requer muitos minutos a mais na hora de se aprontar para sair. Manter o lar em ordem parece tarefa difícil, mas algumas medidas simples podem ajudar a diminuir o desgaste desta exaustiva rotina.

 

De acordo com a consultora Heloisa Sunfeld, o primeiro passo para manter a casa em ordem é planejar o local exato de cada coisa. Além disso, é preciso criar um hábito que é muito importante para a organização: “Tudo o que for retirado do lugar, deve voltar para onde estava. Assim nunca fica a dúvida de onde o objeto foi deixado”, ensina a profissional.
 
Chave do carro, por exemplo, é algo comum de se perder dentro de casa, principalmente quando o veículo é de uso comum da família. “O recomendado é ter um lugar especial para colocá-la toda vez que entrar em casa. O local pode ser um porta-chaves aplicado na parede ou até mesmo uma vasilha bonita ao lado da porta de entrada. O importante é lembrar sempre de deixá-la no ambiente escolhido”, orienta Heloisa.
 
Cozinha - “Tudo o que a pessoa usa em sua rotina precisa ficar em um local de fácil acesso”, orienta a profissional. Copos de água, por exemplo, devem ficar sempre perto do filtro ou da geladeira, assim como todos os utensílios de cozinha perto do fogão para facilitar e agilizar o preparo das refeições.
 
Deixe os utensílios mais usados à mão e tudo o que utilizar somente em ocasiões especiais pode ficar em um lugar mais alto. “Refratários e panelas que não fazem parte do dia a dia podem ficar guardados em uma prateleira mais distante”, diz a profissional. Aquela louça especial e o cristal que você só usa em dia de festa podem ficar dentro da caixa, protegidos em um armário. “Assim que forem usados, eles devem ser lavados e já podem voltar à embalagem”, recomenda.
 
Despensa – Disponibilizar os mantimentos em um armário ajuda a mantê-los organizados. “Se possível, deixe as caixas e pacotes de alimentos e demais produtos já abertos em um local ou prateleira separada, evitando abrir dois iguais ao mesmo tempo”, aconselha a consultora. Outra dica importante é criar uma lista dos itens que precisam ser repostos. O velho e bom bloco de notas deve estar à vista, com uma caneta ao lado.
 
Armário de roupa – As vestimentas mais utilizadas devem estar localizadas em uma parte mais prática do armário. As roupas de festas e as que forem de uma estação oposta devem ser guardadas em locais diferentes para evitar a bagunça. Heloisa recomenda que o guarda-roupa seja organizado por assuntos. “Coloque vestido com vestido, blusas com blusas e assim por diante. Desta maneira é mais rápido para se arrumar, pois não é preciso procurar calças entre as camisas.”
 
“Ao chegar em casa e trocar de roupa, já coloque as peças usadas no cabide ou as ponha para lavar. Assim, ao se vestir na manhã seguinte, você retira do armário o visual do dia e já devolve para o guarda-roupa o da noite anterior”, sugere a organizadora.
 
Sapateira – A maneira indicada por Heloisa para guardar os sapatos é interessante. Muitas pessoas guardam os pares juntos, na mesma prateleira. “Minha sugestão é de que se coloque lado a lado todos os modelos do pé direito e os seus pares logo atrás”, indica. Após usar um par, devolva-o para seu lugar.
 
Banheiro – Faça um pequeno estoque com um item de cada produto, como um sabonete a mais, xampu e papel higiênico, entre outros. “É muito desagradável começar a escovar os dentes, por exemplo, e notar que a pasta acabou e não há outra nova no ambiente para repô-la”, diz Heloisa. Portanto não esqueça: sempre que tirar algo da reposição, recoloque outro no lugar.
 
Livros, DVDs e CDs – O critério de organização desses itens varia de pessoa para pessoa. Há quem prefira separá-los por ordem alfabética. Outros por temas e assuntos. “Existe no mercado torres para guardar os CDs e DVDs que abrigam muitas caixinhas e são ótimas para quem tem pouco espaço. Quem tiver um ambiente maior pode optar por um projeto com o marceneiro e criar um compartimento com divisórias”, diz Heloisa.
 
Fonte: ZAP Imóveis
| Mais

 
Veja também


 
Comentários